As cidades da Europa mais subestimadas pelos viajantes

Existem algumas capitais da Europa que sempre vão chamar muita atenção dos viajantes. Normalmente, são cidades grandes e bem agitadas que atraem qualquer pessoa com sua História, arquitetura, gastronomia, opções de compras, grandes eventos, etc. Entre elas, podemos citar sem sombra de dúvida Paris, Londres e Roma. Com isso, outras cidades interessantíssimas do velho continente acabam não recebendo toda a atenção que deveriam. Para quem quiser ir além do básico, nada como programar uma viagem para alguma das cidades da Europa mais subestimadas pelos viajantes. É uma chance de conhecer algo diferente do usual, e o melhor é que muitas delas ainda mantêm preços bem mais baixos do que outros destinos mais famosos.

 

As cidades da Europa mais subestimadas pelos viajantes

Varsóvia

Varsóvia tem um Centro Histórico simplesmente maravilhoso! O mais interessante é pensar que a esmagadora maioria das suas construções foi completamente destruída durante a Segunda Guerra. Aliás, é um destino que com certeza vai agradar a qualquer pessoa que se interesse por História Moderna. Ao mesmo tempo, ela ainda mantém uma certa agitação de cidade grande por ser um dos mais importantes centros de negócios do Leste Europeu.

Fonte: Shutterstock.
Fonte: Shutterstock.

Budapeste

Budapeste é uma outra cidade do Leste Europeu que, muitas vezes, acaba não recebendo tanta atenção dos viajantes. Quando o assunto é visitar essa parte da Europa, eles acabam dando muito mais prioridade a Praga. Mesmo assim, não dá pra negar que Budapeste seja cheia de encantos. Seu Parlamento em estilo neogótico é uma construção deslumbrante, assim como o famoso Buda Castle. Claro, nenhuma viagem a Budapeste ficaria completa sem caminhar pelas margens do rio Danúbio.

Fonte: Shutterstock.
Fonte: Shutterstock.

Glasgow

Glasgow pode ser a maior cidade da Escócia, mas Edimburgo continua chamando muito mais atenção de quem viaja pela primeira vez ao país. Ela é um importante pólo cultural com excelentes óperas, ballets e teatros. Ao mesmo tempo, também é cheia de museus e galerias que costumam trazer exposições de renome internacional e sempre atraem os olhares de quem se interessa por arte contemporânea.

Fonte: dun_deagh @ Flickr.
Fonte: dun_deagh @ Flickr.

Tallin

A capital da Estônia parece um pequeno cartão-postal de tão linda. Seu Centro Histórico é cercado por muralhas em alguns pontos e foi listado como patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Tallin é um passeio fácil de um dia que pode ser feito a partir de Helsinque usando um ferry. Definitivamente, ainda é uma das cidades da Europa mais subestimadas pelos viajantes.

Fonte: Wikimedia Commons.
Fonte: Wikimedia Commons.

Ghent

Ghent é uma cidadezinha belga da região de Flandres que é um excelente passeio de bate e volta a partir de Bruxelas. Mesmo sendo menos famosa do que Bruges, ela também tem muitas construções medievais e lindos canais. Além de tudo, é muito animada por ser uma cidade universitária com uma vida estudantil bem intensa.

Fonte: Wikimedia Commons.
Fonte: Wikimedia Commons.
Tags from the story

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *