Endereços imperdíveis de Lisboa

Vista cidade- imperdíveis de Lisboa
Fonte: Shutterstock.

Lisboa é um destino que acaba sendo preterido por cidades como Londres, Paris e Roma por quem vai para a Europa pela primeira vez. Mesmo assim, não há como negar que é um lugar interessante! É uma capital que tem completamente jeito de cidade do interior. Sendo a História do Brasil tão ligada à de Portugal, você pode imaginar que há muitos museus e pontos históricos entre as atrações imperdíveis de Lisboa. Além da óbvia Torre de Belém, há uma série de outros endereços que você não pode deixar de visitar quando viajar para lá.

 

Endereços imperdíveis de Lisboa

Belém

O cartão-postal mais conhecido de Lisboa é a Torre de Belém. Ela guarda a entrada do porto que foi tão importante na História de Portugal. De lá, muitos navegadores já saíram para viagens épicas. Não muito distante dali, temos o mosteiro dos Jerônimos que é um show à parte pela sua arquitetura rebuscada.

 

Pastéis de Belém

Uma das paradas imperdíveis de Lisboa com certeza é a confeitaria original Pastéis de Belém, onde são servidos os pastéis de nata mais famosos do mundo. Ela foi inaugurada em 1837 e, desde então, se transformou em uma das experiências gastronômicas mais importantes do destino.

Pastéis de Belém- imperdíveis de Lisboa
Fonte: Wikimedia Commons.

Museu Gulbenkian

Esse museu fica no centro do Parque Eduardo VII e abriga um enorme legado artístico e histórico. Recebeu esse nome em homenagem ao magnata armênio Calouste Gulbenkian, já que boa parte do acervo do museu fazia parte de sua coleção particular. Além das pinturas de origem europeia e artes decorativas armênias, há várias antiguidades egípcias, gregas e romanas e galerias de arte islâmica.

 

Museu Medeiros e Almeida

Antonio de Medeiros e Almeida era um colecionador de móveis Luís XIV e XV e, hoje, o museu que leva seu nome fica em uma linda mansão do século XIX onde não falta requinte. O acervo também inclui porcelana chinesa, tapeçarias francesas e flamengas, caixas de cigarro russas Fabergé, quadros holandeses e retratos ingleses.

 

Museu do Azulejo

O uso de azulejos é a característica mais marcante da arquitetura portuguesa. O Museu do Azulejo fica no pátio de um convento do século XVIII e conta um pouco a história dessas peças. Além disso, a exposição traz um panorama mostrando como a cidade de Lisboa era na década de 1730.

 

Elevador Santa Justa

O Elevador Santa Justa entra na lista dos endereços imperdíveis de Lisboa pela sua engenharia e pela vista panorâmica maravilhosa que ele oferece da cidade. Ele liga a rua Áurea, na Cidade Baixa, com o largo do Carmo, que fica alguns metros acima dela.

Elevador Santa Justa- imperdíveis de Lisboa
Fonte: Wikimedia Commons.

A Brasileira

Café histórico situado próximo ao elevador Santa Justa, o A Brasileira já foi frequentado por escritores e poetas muito famosos. Entre eles, Fernando Pessoa. A decoração do seu interior é elegante, e muitos elogiam o café que é servido ali.

 

Alfama

A Alfama é um bairro muito antigo formado por um labirinto de ruelas que descem do Castelo de São Jorge. Ele é considerado o centro do fado, o gênero musical melancólico típico da cidade. Se quiser entender um pouco mais sobre ele, vá ao Museu do Fado e da Guitarra Portuguesa.

 

Palácio Nacional de Queluz

Apesar de ser muito menor, costumam chamar o Palácio de Queluz de “Versalhes português”. Ele fica no subúrbio noroeste da cidade e tem jardins e arquitetura em estilo rococó. Já foi residência oficial da família real portuguesa e tem salões maravilhosos.

Palácio de Queluz- imperdíveis de Lisboa
Fonte: Wikimedia Commons.

Praia do Guincho

A Praia do Guincho é um destino popular para quem gosta de surf e windsurf. Se esses esportes não forem muito a sua praia, simplesmente aproveite a vista de um dos muitos restaurantes com terraço que servem frutos do mar.

 

Veja outras informações e dicas sobre Lisboa aqui!

Tags from the story
,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *