Meus 3 castelos preferidos no Vale do Loire

A região do Vale do Loire é uma área não muito distante de Paris que conta com castelos renascentistas lindíssimos que foram construídos às margens do rio Loire entre os séculos XV e XVIII. Infelizmente, ela acaba recebendo menos atenção por quem está visitando Paris do que outras atrações nos arredores da cidade que estão mais próximas como Versalhes, a Eurodisney, Le Valée Village e Giverny. Visitar alguns castelos do Vale do Loire gastando apenas um dia, porém, é perfeitamente possível. Chambord, Chenonceau e Cheverny são meus castelos preferidos e a logística para visitar os três em somente um dia não é muito complicada já que eles não se encontram geograficamente muito distantes um do outro.

 

Château de Chambord

O Château de Chambord é o maior castelo do Vale do Loire. Visualmente, é o que mais impressiona. Do ponto de vista arquitetônico, ele ficou famoso pelo seu estilo renascentista francês mesclando formas medievais com estruturas clássicas italianas. Inicialmente, ele foi construído apenas para servir como pavilhão de caça do rei Francisco I que mantinha sua residência no Château de Blois e no Château d’Amboise. Mais tarde, surgiram rumores de que Leonardo da Vinci pudesse ter sido responsável pelo desenho original.

 Chambord 3- Loire Valley

Chambord 1- Loire Valley

Chambord 2- Loire Valley

Château de Chenonceau

Esse é o château mais interessante do ponto de vista histórico no Vale do Loire. Depois de Versalhes, ele é o château mais visitado da França. Ele também é conhecido como Castelo das Damas por conta da sua história estar associada a mulheres muito importantes na História francesa. Entre elas, rainhas e amantes de reis da França. Henrique II ofereceu o palácio como presente à sua amante Diane de Poitiers. Depois da morte do rei, a sua viúva e regente, Catarina de Médicis, tirou Diane da propriedade.  A rainha Catarina fez então de Chenonceau a sua residência favorita e muitas festas passaram a acontecer por ali até a sua morte. No período da Revolução Francesa, ele foi salvo da destruição por Madame Louise Dupin, esposa de um proprietário rural que posteriormente adquiriu o palácio. Antes da revolução estourar, ela costumava receber em Chenonceau líderes do Iluminismo como Voltaire, Montesquieu e Russeau. Na Primeira Guerra Mundial, a galeria do castelo foi usada como enfermaria hospitalar. Na Segunda Guerra, ele foi usado como meio de escape da zona ocupada pelo Nazistas de um lado do rio para o outro.

 

Chenonceau 1- Loire Valley

Chenoncea 2- Loire Valley

Château de Cheverny

Cheverny fica bem próximo do Château de Chambord. O diferencial deste palácio é que ele conservou toda a decoração e o mobiliário do século XVII. Mesmo aberto ao público, a família proprietária do château ainda mora em Cheverny. Os objetos de arte e as tapeçarias deste palácio são maravilhosas! Uma outra coisa interessante para se ver em Cheverny é o canil da propriedade. Eles mantêm um número imenso de cães de caça no local.

 
Cheverny- Loire Valley
Tags from the story
,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *