O que não deixar de fazer em Moscou

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Moscou é uma cidade absolutamente fascinante! Como vocês podem ter acompanhado em algumas das minhas redes sociais, estive por lá nos últimos dias. A arquitetura da capital russa é completamente única e diferente do que estamos acostumados a ver em outros locais da Europa. A cidade é imensa e, ao mesmo tempo que vemos construções bem antigas, há também grandes arranha-céus em outras áreas. Tudo isso acaba dando um equilíbrio visualmente bem interessante ao destino! Não há pouca coisa para se fazer em Moscou e, se quiser aproveitar a viagem com o mínimo de calma, eu recomendaria fazer uma programação para ficar pelo menos quatro dias por lá. Entre passeios secundários e interesses mais específicos, veja o que você não pode deixar de fazer em Moscou!

Passear pela Praça Vermelha

Se estiver em dúvida sobre onde se hospedar em Moscou, as proximidades da Praça Vermelha com certeza são uma ótima opção. Ela é considerada o verdadeiro coração da cidade onde toda a ação acontece. Aqui, você consegue fazer fotos lindíssimas de um dos cartões-postais mais famosos de Moscou: a St. Basil’s Cathedral. É o local em que você deve ir para também visitar o mausoléu do Lênin. Um dos muros do Kremlin delimita essa praça e, do outro lado, temos um shopping em que você com certeza deve dar uma passadinha: o GUM. Há também uma série de ruas legais para você andar ao redor da Praça Vermelha.

 

Tirar muitas fotos na St. Basil’s Cathedral

Como mencionei acima, essa construção é um dos lugares mais emblemáticos de Moscou. É um dos lugares mais importantes para tirar fotos durante a sua viagem. As cores e formas dessa igreja são absolutamente incríveis! Não esqueça de entrar para também dar uma olhada por dentro.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Visitar o Kremlin e seus museus

Não dá para ir a Moscou e não visitar a famosa fortaleza que serve como centro do governo russo. Além do significado simbólico da construção, ele conta com vários museus e igrejas. Não deixe de entrar no Armoury Museum e ver o Diamond Fund.

 

Entrar no State Historical Museum

Ainda bem na Praça Vermelha, não deixar de entrar no State Historical Museum. O prédio por fora já é impressionante e também delimita a Praça Vermelha. Do outro lado, temos a também linda Manezhnaya Square.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Explorar os metrôs de Moscou

A cidade tem algumas das estações de metrô mais bonitas do mundo. Há tours noturnos que são feitos em horários em que o movimento de passageiros é menor. Aqui vão algumas sugestões de estações para você conhecer: Novoslobodskaya, Mayakovskaya, Elektrozavodskaya, Shosse Entuziastov, Park Pobedy, Nakhimovsky.

 

Entrar na Cathedral of Christ the Savior

Já é bem impressionante ver o prédio dessa catedral ortodoxa de longe, mas é melhor ainda entrar para ver toda a sua beleza por dentro. Ela é extremamente alta e, no interior do edifício, você pode conferir os detalhes lindos da sua arquitetura e das suas pinturas.

Cathedral of Christ The Savior- Moscou
Fonte: Mari and the City.

Ir ao Pushkin Museum

Quase em frente à Cathedral of Christ the Savior, o Pushkin State Museum of Fine Arts é o maior museu de arte europeia de Moscou. Seu acervo tem muitas pinturas e esculturas, assim como alguns achados arqueológicos.

 

Andar pelo Aptekarskiy Ogorod Botanical Museum

É um dos jardins mais lindos da cidade. Infelizmente, o tempo nem sempre ajuda em Moscou! Se estiver fazendo um dia ensolarado de verão, não deixe de visitá-lo.

 

Ir a um show do Bolshoi

Todos conhecem a fama desse lugar! É um dos teatros mais famosos da Europa e abriga a companhia de ballet mais famosa do mundo. Infelizmente, os ingressos são um pouco caros e frequentemente estão esgotados. Mesmo que não consiga assistir a uma apresentação de ballet, vale a pena entrar no Bolshoi para um tour guiado pelo teatro!

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Caminhar pela Arbat Street

Atração um pouco subestimada em Moscou, a Arbat Street é uma rua fechada exclusivamente para pedestres no centro histórico da cidade. No passado, já foi endereço de aristocratas, acadêmicos e artistas. É uma das ruas mais antigas da cidade, onde você pode andar olhando pinturas e artesanatos nos dias mais quentes de verão.

 

Comprar matryoshka (talvez bem mais de uma)

Você vai achar essa famosa peça do artesanato russo para todo lado. Enquanto estiver andando pela rua, não deixe comprar pelo menos uma como souvenir da viagem. Se precisar levar lembrancinhas da Rússia para amigos, também é uma ótima solução!

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Caminhar ou patinar no Gorky Park

Se estiver viajando nos meses quentes de verão, o Gorky Park é um lugar legal ao lado do rio Moskva para caminhar e fazer atividades ao ar livre. Infelizmente, muita coisa fecha no inverno na Rússia. O Gorky Park, porém, mantém uma pista de patinação no gelo como atração de inverno do local. Se estiver muito frio, é uma opção de atividade na cidade!

 

Visitar a Tretyakov Gallery

Uma das atrações mais importantes de Moscou, a Tretyakov Gallery é um dos museus obrigatórios a serem visitados na cidade. É um dos melhores acervos de arte russa no mundo.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Conhecer o Tsarytsino Open Air Museum

Esse lugar é um palácio do século XVIII com lindos jardins e um museu com antiguidades e obras de arte.

 

Ir ao Convento Novodevichy

Com construções do século XVI, o complexo formado pelo Monastério Novodevichy é cheio de edifícios religiosos lindos. Também é interessante para quem quer entender um pouco mais sobre a religião ortodoxa.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Subir ate Vorobyovy Gory para uma vista incrível da cidade

Para quem está em busca de lugares como vista na cidade, ir até Vorobyovy Gory pode ser uma ótima ideia! Ele é um dos pontos mais altos de Moscou e não fica muito do Convento de Novodevichy.

 

Aproveitar Kuznetsky Most

Kuznetsk Most é considerada uma das ruas mais caras de Moscou. Para quem ama moda, vai achar lojas de vários estilistas badalados por ali tanto russos quanto internacionais. A área conta também com a famosa loja de departamentos TSUM. Além de compras, há também muitos cafés e restaurantes interessantes na área.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.

Provar estrogonofe no seu país de origem

Uma das experiências gastronômicas mais recomendadas da Rússia é provar estrogonofe no seu país de origem. Sendo Moscou uma cidade com um cenário gastronômico tão vibrante, não deixe de provar a versão russa desse prato que é tão popular no Brasil enquanto estiver viajando.

 

Andar sem hora para sair pelo GUM

GUM é o shopping mais legal de Moscou e fica bem ao lado da Praça Vermelha. No final de cada dia, é ótimo passar por ali e andar olhando vitrines sem hora para sair ou parar um pouco em dos seus cafés.

Fonte: Mari and the City.
Fonte: Mari and the City.
Tags from the story
,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *