Por que você deve visitar a Escócia

Embora seja muito subestimada por quem está visitando a Europa pela primeira vez, a Escócia é uma país incrível que tem uma mistura única de contrastes entre o novo e o antigo, o rural e o urbano. Edimburgo e Glasgow são duas cidades modernas e vibrantes, mas ainda conservam maravilhas arquitetônicas de outros tempos. Ao mesmo tempo em que tem um cenário rural com pequenas vilas e cidadezinhas com características medievais, a Escócia também tem grandes cidades que sediam importantes eventos no país. é impossível não amar esse lugar! Só para você ter uma ideia, aqui vão cinco motivos para você querer conhecer o país.

 

1.    Castelos – Edimburgo e Stirling

Para quem gosta de castelos e uma boa história, a Escócia tem muito a oferecer. Essas construções estão espalhadas por todo o território escocês acompanhadas por cenários incríveis que já serviram de locação para muitos filmes. O Stirling Castle não fica muito distante de Glasgow e tem vistas incríveis! De todos os castelos da Escócia, porém, acho que o Edinburgh Castle é o mais amado e o mais famoso deles. Ele é uma lembrança viva da época em que reis escoceses e rainhas reinaram e é o local onde as jóias da coroa escocesa residem até hoje. Além da sua riqueza histórica, ele tem uma vista deslumbrante sobre toda a cidade de Edimburgo.

 
Edinburgh Castle
Image: Wiki Commons.

 

2.    High Lands

A Escócia foi dividida em Lowlands (terras baixas) e Highlands (terras altas) desde a Idade Média. Além da geografia, a cultura, a língua e a religião também separavam essas duas regiões. As paisagens são simplesmente deslumbrantes e um verdadeiro convite para uma aventura!

 
Image: Wiki Commons.
Image: Wiki Commons.

3.    Lago Ness – o mistério do monstro

Claro! Basta mencionar o Lago Ness e a primeira coisa que vem à nossa mente é a famosa lenda do monstro que habita suas profundezas! Não é à toa que a criatura estampa boa parte dos souvenirs escoceses. Se quiser dar uma olhada nessa história por você mesmo, você pode visitar o Centro de Exibição do Monstro do Lago Ness com rico material investigativo sobre a lenda, incluindo documentários e reportagens em displays audio-visuais.

 
Image: Wiki Commons.
Image: Wiki Commons.

 

4.    Capelas e Catedrais

Todas as capelas e igrejas que encontramos pela Escócia nos lembram de um episódio importante da História. Elas podem ser encontradas em toda a paisagem escocesa e ilhas, em sua maior parte em estado de ruínas. Algumas das mais notáveis ​​são Melrose Abbey e Abbey Dryburgh, o local de descanso de Sir Walter Scott, escritor mais famoso da Escócia. A Rosslyn Chapel ganhou atenção do público recentemente com o sucesso mundial do livro e filme “Código Da Vinci”, no qual ela desempenha um papel central para o enredo do história. Independente das alusões à maçonaria, aos Cavaleiros Templários e ao Santo Graal serem verdadeiras ou não, é impossível negar que a arquitetura intricada da Rosslyn Chapel é fascinante. Todos os detalhes envolvidos na capela parecem estar impregnados de simbolismo de muitas fontes diferentes: bíblicas, pagãs e maçônicas.

 
Rosslyn Chapel
Image: Wiki Commons.

 

5.     Os festivais- Festival de Edimburgo

Ao longo de três semanas em agosto, Edimburgo é tomada por uma grande quantidade de festivais que celebram e promovem diversas modalidades artísticas. Durante o dia, as ruas estão cheias de entretenimento gratuito, exposições de arte e eventos para toda a família, enquanto à noite Edimburgo ganha vida com teatros, ópera, shows e festas realizadas em vários locais, enquanto os pubs muitas vezes contam com música ao vivo.

 
Image: Wiki Commons.
Image: Wiki Commons.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *